Serrano do Maranhão confirma presença na reunião do LIDER.

O gabinete da Prefeitura de Serrano do Maranhão oficiou ao Blog O MUNICIPALISTA expediente confirmando que sua representação municipal compareceu à reunião do Programa LÍDER, em Cururupu, semana passada. Ocorreu que as integrantes da delegação não se identificaram ao repórter do veículo, fazendo-o acreditar que o governo municipal estava ausente da importante reunião.

Na informação encaminhada à direção do blog, a secretária de Turismo, Tamires Castro, e a chefe de Gabinete, Nize Amorim Gonçalves, confirmaram que estiveram no encontro (foto inclusa, portando crachás) representando o governo municipal (leia-se prefeita Val Cunha) e participando das tratativas constantes da agenda.

Idas e vindas – Serrano do Maranhão constou da lista original dos municípios do Consórcio Floresta dos Guarás, admitida no Mapa do Turismo Brasileiro (MTB), pelo Ministério do Turismo, divulgada em 2015. Em 2017, por descumprir critérios fixados pelo MTur, o município foi cancelado do MTB, só retornando em 2022.

Para o reingresso promoveu uma série de adequações, a cargo da equipe municipal e de parceiros com experiência em organizar os requisitos exigidos pelo ministério. Com a reinclusão, voltou a receber atenção, investimento e priorização, destinados a ter acesso a projetos voltados para o crescimento dos setores ligados ao turismo na cidade.

Significado – Pelo retorno, houve manifestações da prefeita e da secretária. A primeira declarou: “Entrar (na verdade, voltar ao) no Mapa do Turismo significa muito para nós; poderemos receber visitantes de todos os lugares do Brasil e estaremos aptos a investimentos que promoverão nosso desenvolvimento econômico. Nosso trabalho está apenas começando”.

À secretária coube agradecer, “em primeiro lugar, a DEUS, por nos conceder a benção para realização deste trabalho; à nossa prefeita Val Cunha por acreditar em nosso trabalho e nos apoiar incansavelmente; e a todos que nos ajudaram na coleta de informações’’.

Perfil – O Mapa do Turismo Brasileiro reúne municípios com real vocação turística ou impactados pelo setor de viagem. O objetivo é nortear a definição de políticas públicas, incluindo a destinação de recursos do Ministério do Turismo para obras de infraestrutura e oferta de cursos de qualificação profissional.

Os municípios são classificados de A a E, categorização que considera o desempenho da economia no turismo, observadas algumas variáveis. Entre elas estão a quantidade de estabelecimentos de hospedagens e de empregos, a estimativa de visitantes domésticos e internacionais e a arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagem.

O mapa turístico destaca as informações turísticas do município que se subdividem em atrativos turísticos naturais, atrativos históricos, manifestações populares, equipamentos e serviços de infraestrutura de apoio. (com a assessoria do Blog Cláudio Mendes)

Fonte: blog O MUNICIPALISTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content